Grupo Lusófona assina contrato com a Big Brain do Projeto Microsoft Future School

 em Big Brain Education, Microsoft Future School

Em Outubro, o Colégio Português (São Paulo) e Colégio Paraíso (Rio de Janeiro) do Grupo Lusofona, assinaram o contrato do projeto Microsoft Future School, projetada de acordo com a pesquisa O Ensino em 2030 e o aprendizado pronto para a vida: O Imperativo tecnológico, realizado pela Microsoft. Dayane Dutra, foi quem nos conectou com a rede Lusofona e vamos ter a oportunidade de levar uma educação diferenciada.

12

É com grande felicidade que fechamos essa parceria entre Colégio Português e Big Brain|Microsoft, em busca de uma educação mais transformadora. A Microsoft Future School é um ecossistema Microsoft, que proporciona aos alunos uma maior experiência educacional dentro e fora da sala, além disso, conta com produtos que facilitam a gestão escolar na hora da  transformação digital acontecer, encontrando formas mais criativas de ensinar, pois um dos recursos do projeto é o Minecraft Education, que têm como objetivo desenvolver o pensamento crítico e ensinar o princípio da programação.

Realizamos uma entrevista com o Diretor Geral Antonio Fiuza e Professora Cidinha, que nos contam um pouco sobre as expectativas sobre o projeto Microsoft Future School e suas percepções sobre a tecnologia educacional.

Vem com a gente!

“Cada vez mais aumenta a conscientização da sociedade em relação a importância da inclusão de habilidades e competências no currículo escolar para lidar com os rápidos avanços de novas tecnologias.”

ENTREVISTA

Giuliana: Qual a importância da aplicação da tecnologia na educação e da inovação em sala de aula?

Cada vez mais aumenta a conscientização da sociedade em relação a importância da inclusão de habilidades e competências no currículo escolar para lidar com os rápidos avanços de novas tecnologias.

Dessa forma a educação precisa de uma abordagem diferenciada diante desses novos aspectos tecnológicos.

Diante disso, um novo paradigma está surgindo na educação e o papel do professor frente às novas tecnologias precisa e será diferente. Devemos vislumbrar que o uso das mesmas nas atividades de aquisição do conhecimento poderá, sem sombra de dúvida, desenvolver uma gama de oportunidades com interesses didático-pedagógicos, que permitam desenvolver ambientes de aprendizagem centrados nas atividades dos alunos, na interação social, no espírito colaborativo e na própria autonomia.

A sociedade atual passa por profundas alterações, caracterizadas pela valorização exacerbada da informação. Sendo assim, é notória a necessidade de utilizar de processos de aquisição de profissionais mais criativos, críticos, com capacidade para pensar de forma abrangente, aprendendo a aprender, a trabalhar em grupo e de se conhecer como indivíduo.

Cabe à educação formar esses profissionais, onde se possibilite a construção do conhecimento pelo aluno, propiciando o desenvolvimento de novas competências como: a capacidade de inovar, de criar com bases nas concepções prévias, adaptabilidade aos novos ambientes, autonomia e comunicação. É preciso estimular os nossos jovens à pesquisa, a exploração de novos horizontes de conhecimento e de descobertas.

 

Giuliana: Sobre a Microsoft Future School, quais as expectativas da sua escola, da comunidade (se já foi informado) e dos professores com essa sala? 

Nossas crianças e jovens estão crescendo com acesso à tecnologia. A internet propiciou grandes mudanças tanto no campo social, quanto econômico e cultural, sendo que deixar de fazer uso ou de investir nos recursos tecnológicos na educação seria perder a oportunidade de envolver e guiar os alunos em experiências de aprendizagens significativas.

Nossos professores, buscam de forma continua a evolução de seu papel como parceiro, interlocutor e orientador do educando na busca por novos saberes.

Portanto buscamos investir em melhorias nas salas de aula e ofertar recursos digitais, que promovam o ganho em qualidade tanto para docentes quanto para os alunos.

Giuliana: Quais recursos, Microsoft Future School, você viu que levaram a fechar o contrato? O que mais chamou atenção e você acredita que os alunos irão gostar mais no seu colégio? 

Entendemos que na atual realidade apenas a lousa branca e apostilas direcionadas não são mais suficientes para um ensino de qualidade. Nossos jovens precisam se sentir motivados e atraídos pelo ensino que está sendo ministrado, acompanhando assim as possibilidades que a era digital oferece.

A parceria Grupo Lusófona (Colégio Português – SP e Colégio Paraiso – RJ) e a Big Brain com a “Microsoft Future school” irá contribuir para a formação integral dos nossos estudantes, fornecendo subsídios para a melhoria do aprendizado na sua totalidade, impactando de forma extremamente positiva na nossa definição de Educação de excelência.

 

Ficou curioso para saber mais sobre esse projeto? Clica aqui para conhecer.

Deixa aqui embaixo: Como a sua escola está transformado a educação?

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

WhatsApp chat