6 hábitos dos aprendizes

 em Big Brain Education, Tecnologia na educação

Tradução do texto: “6 Habits of Super Learners” de Thomas Oppong

Aprenda qualquer habilidade profunda e rapidamente

Tornar-se um aprendiz é uma das mais importantes e bem-sucedidas habilidades que você precisa no século XXI. Na era da mudança tecnológica, estar à frente depende da continuação da educação – um eterno domínio de novos modelos, habilidades e ideias.

O mundo está mudando rapidamente, a capacidade de aprender uma nova habilidade deve ser tão rápida quanto possível, agilidade está se tornando uma necessidade. A boa notícia é que você não precisa de um dom natural para ser o melhor em aprender algo novo, mesmo que você não tenha tempo para se dedicar a isso.

Muitos polímatas (pessoas que se destacam em múltiplos campos de atividades) – inclui Charles Darwin, Leonardo Da Vinci e o físico ganhador do prêmio Nobel Richard Feynman – alegaram não ter nenhuma inteligência excepcionalmente natural.

Todos nós temos inteligência suficiente para dominar uma nova disciplina – Usando as ferramentas certas, abordagens ou aplicando o que nós aprendemos corretamente. Quase qualquer um pode aprender qualquer coisa. – Com a técnica correta.

Com as melhores abordagens, você pode fazer o processo de aprendizagem mais divertido. A chave para adquirir uma nova e rápida habilidade não é complicada. Se o seu objetivo é aprender uma nova habilidade para melhorar a sua carreira esse ano, alguns desses hábitos a seguir podem ser úteis para você.

1.  Um aprendiz lê muito

Leitura é para a mente, o que os exercícios são para o corpo. Nos dá liberdade de percorrer um espaço de tempo, história e oferecer uma visão profunda de ideias, conceitos, emoções e um corpo de conhecimento.

Seu cérebro é ativado com livros – crescendo, mudando, fazendo novas conexões e criando diferentes padrões, dependendo do tipo de material que você está lendo. Ler bastante é altamente eficaz.

Um fato, muitas pessoas bem-sucedidas compartilham esse apreço pela leitura. – Não veem a leitura como uma tarefa, mas como uma oportunidade de melhorar suas vidas, carreira e negócios.

Elon Musk, fundador da Tesla Motors, cresceu lendo 2 livros por dia, de acordo com seu irmão. Bill Gates, fundador da Microsoft, lê 50 livros por ano. Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, lê pelo menos um livro a cada duas semanas. Warren Buffet dedica de 5 a 6 horas por dia para ler 5 jornais e 500 páginas de relatórios corporativos.

Nesse mundo onde a informação é a nova moeda, leitura é o melhor recurso na continuação do aprendizado, conhecimento e adquirir mais dessa moeda.

2.  Aprendizes visualizam o aprendizado como um processo.

Aprender é uma jornada de descoberta de novos conhecimentos, não é um destino.

É um divertido processo ao longo da vida – Uma jornada de descobertas individuais e em seu próprio tempo. Compreendendo qualquer tópico, ideia ou nova mentalidade que não requer apenas observação, mas fundamentalmente uma curiosidade natural.

“Uma jornada de aprendizado é uma coleção de saberes, ambos formal e informal, que pode ser usado para adquirir novas habilidades para um papel ou área de tecnologia específica.” Escreveu Sonia Malik da IBM.

Aprender é um investimento que geralmente se paga com os resultados. Mais do que nunca, aprender é para a vida, se quiser ser relevante, indispensável e prosperar com as mudanças no mundo do trabalho.

Aprendizes valorizam o processo. Eles não têm nenhum objetivo final, apenas buscam melhorar constantemente. Eles dominam novos processos, visão de mundo, formas de pensar etc. O “continuo, voluntário e motivado” a busca por conhecimento é importante para amadurecer.

3.   Mentalidade de Crescimento

Você não erra ao cultivar uma mentalidade de crescimento – a teoria da aprendizagem desenvolvida pela Dra. Carol Dweck gira em torno da crença de que você pode melhorar a sua inteligência, habilidade e performance.

“O analfabeto do século XXI não será quem não sabe ler e escrever, mas quem não sabe aprender, desaprender e reaprender.” – argumenta Alvin Toffler, escritor, futurista e empresário conhecido por suas modernas discussões sobre tecnologia.

Cultivar uma mentalidade de crescimento ou mentalidade adaptável pode ajudar a focar mais nos objetivos da vida. Pode influenciar na sua motivação e te tornar mais suscetível a enxergar oportunidades de aprender e crescer com novas habilidades.

A habilidade de manter uma cabeça aberta, adquirir melhores conhecimentos e aplicar quando necessário pode melhorar significativamente novas habilidades.

4. Aprendizes ensinam outros sobre o que sabem.

De acordo com uma pesquisa, aprendizes retém aproximadamente 90% do que aprendeu quando explicam ou ensinam o conceito para alguém ou quando aplica imediatamente.

Ensinar aos outros o que se sabe é uma das mais efetivas formas de aprender, relembrar e recuperar novas informações. Psicólogos chama isso de “prática de recuperação”. É uma das formas mais confiáveis de construir memórias mais sólidas.

Aprender ensinando é uma das formas mais simples para descobrir rapidamente lapsos do seu conhecimento. É um modelo mental criado pelo famoso físico Richard Feynman.

Feynman, “O grande professor”,  foi por sua habilidade de ilustrar tópicos difíceis como física quântica para praticamente qualquer pessoa. A técnica de Feynman é claramente apresentada na biografia de James Gleick, Feynman: a natureza do gênio.

A última forma de testar o seu conhecimento é a sua capacidade de transferir o que sabe para outra pessoa. O melhor caminho para aprender, processor, reter e relembrar a informação é aprendendo metade do tempo e compartilhando metade do tempo. Por exemplo, ao invés de completar um livro, o objetivo é ler 50% e tentar recordar, compartilhar ou escrever as palavras chaves sobre o que aprendeu antes de prosseguir.

5.   Aprendizes efetivos cuidam de seus cérebros

Mantendo o seu cérebro saudável, o mantém afiado. O que você faz ou não faz pode significativamente mudar como você memoriza o processo e armazena as informações. Todo mundo quer uma vida ativa e tão longa quanto possível e isso depende de um cérebro saudável.

O que significa que comer muita comida associada a melhora do raciocínio – blueberries, vegetais (folhas verdes – Couve, espinafre, brócolis), grãos integrais, ingerindo proteína de peixes e legumes, escolhendo gorduras insaturadas saudáveis (azeite de oliva), evitar gorduras saturadas (manteiga/margarina).

“Frutas e vegetais combatem o estresse oxidativo causado pelo desgaste das células cerebrais.” Diz Dr. Gary Small, professor de psiquiatria e envelhecimento.

Nosso cérebro naturalmente envelhece nós não o protegemos. De qualquer forma, se você intervém cedo, você pode diminuir o processo. É mais fácil proteger um cérebro saudável do que tentar reparar os dados causados.

6. Eles fazem pequenas pausas, de manhã e a tarde frequentemente.

O tempo livre é crucial para tudo o que você escolhe aprender. De acordo com uma pesquisa recente, tirar pequenas pausas, de manhã e a tarde de forma frequente pode ajudar a aprender melhor e melhora a sua retenção de conhecimento.

“Todo mundo pensa que é só “praticar, praticar, praticar” quando aprende algo novo. Em vez disso, descobrimos que descansar cedo e frequentemente é tão efetivo para a aprendizagem do que a apenas a prática,” disse Dr. Leonardo G. Cohen, investigador sênior do Instituto Nacional de Distúrbios Neurológicos e Derrame da NIH.

Melhorar as pausas ajuda o cérebro a solidificar as informações durante o período de descanso. Não importa o que você escolha aprender por um tempo, é importante otimizar o tempo de descanso para melhores resultados.

Especialistas no Centro de Sucesso Acadêmico da Universidade Estadual de Lousiana recomendam 30-50 minutos de sessão. “Qualquer coisa menos de 30 minutos não é suficiente, mas qualquer coisa mais de 50 minutos é informação demais para que o cérebro absorva ao mesmo tempo,” diz a assistente de graduação em estratégias de aprendizagem Ellen Dunn.

As redes neurais de nosso cérebro precisam de tempo para processar a informação, então espaçar sua aprendizagem pode ajudar a memorizar a nova informação mais efetivamente – De ao seu cérebro tempo suficiente para descansar e se recuperar.

Gostou desse conteúdo? Compartilha nas redes sociais.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

WhatsApp chat